Conecte-se conosco

Esporte

Jon Jones é detido acusado de violência doméstica nos EUA

Publicado

em

Jon Jones é detido acusado de violência doméstica nos EUA

O lutador Jon Jones foi preso acusado de violência doméstica. Segundo informações do site ‘MMA Fighting’, o astro do mundo da luta foi detido na manhã de hoje, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Neste momento, Jon Jones se encontra detido no Centro de Detenção do Condado de Clark, segundo os registros online de presidiários. Ele ficará preso por 12 horas.

De acordo com a ‘ESPN USA’, a prisão foi feita pelo Departamento de Polícia Metropolitana de Las Vegas, poucas horas após a cerimônia que colocou o astro do MMA no Hall da Fama do UFC. Sua luta contra Alexander Gustafsson no UFC 165, foi imortalizada na ala de Lutas Históricas.

Ainda conforme as informações do veículo norte-americano, Jones é acusado não só de agressão doméstica, mas também de ‘tampering’ com um veículo, a acusação pode envolver adulteração de veículos com o intuito de machucar outras pessoas.

Somadas as duas acusações, o ídolo do MMA recebeu uma fiança estimada em R$ 42,7 mil. Além disso, ele tem uma audiência marcada para amanhã. As informações constam no boletim de ocorrência, divulgado pelo repórter Aaron Bronsteter, da emissora canadense ‘TSN’.

Histórico de polêmicas
Em 2012, ‘Bones’ sofreu um acidente em Nova York (EUA) e foi preso por dirigir alcoolizado. Em 2015, a polícia de Albuquerque (EUA), informou que o ex-campeão do UFC ultrapassou um sinal vermelho, bateu seu carro no veículo de uma mulher grávida e teria fugido a pé do local, sem prestar socorro, deixando a mesma ferida.

Em 2019, o atleta foi acusado de agressão por uma garçonete de um clube para adultos. A funcionária alegou que a estrela do MMA lhe deu um tapa, a colocou em um estrangulamento, beijou seu pescoço e tocou suas partes íntimas sem a permissão.

O profissional também possui histórico com utilização de armas de fogo, drogas e substâncias proibidas.

Fonte: Folhapress

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Banca de Jornal

Propaganda