Conecte-se conosco

    Política

    Governador prevê desobrigar uso de máscara após carnaval

    Publicado

    em

    Governador prevê desobrigar uso de máscara após carnaval

    O governador Wellington Dias (PT) afirmou nesta segunda-feira (21) que a desobrigatoriedade do uso de máscara no Piauí vem sendo avaliada e poderá ser anunciada assim como ocorre em outras regiões que já adotaram a medida. De acordo com o governador, a decisão, com certeza, leva em conta o avanço na vacinação e baixo nível de mortalidade em razão da Covid-19.

    “Estamos numa curva de queda de casos, com redução do número de casos, de internações e óbitos. Estamos revendo as medidas em várias áreas, como da educação”, disse o governador.

    Em relação ao retorno de aulas presenciais no estado, o governador acrescentou que nesta quinta-feira, 24, haverá a fase preparatória para receber os alunos.

    “Será momento em que professores e servidores da educação vão se preparar para receber os alunos.

    O governador confirmou que vem dialogando com municípios para que aconteça a flexibilização quanto ao uso de máscara.

    “O objetivo é manter uma regra em que haverá restrição para eventos, exatamente para que não tenhamos mais transmissibilidade e, após o Carnaval, há grande possibilidade, já estou tratando com o Fórum dos Governadores, com o Comitê Científico, com o Conselho de Secretários de Saúde dos Estados e Municípios, com o setor privado, para que sejam adotadas medidas de flexibilização que até agora não experimentamos”, explica.

    Conforme o governador, há uma possibilidade de desobrigar o uso de máscara após o carnaval.

    “Então, é possível já, a partir desse acompanhamento pós-carnaval, levando em conta a elevada vacinação, com um baixo nível de transmissibilidade, adoecimento e mortalidade, ter liberado em várias regiões, por exemplo, o uso obrigatório da máscara”, disse, afirmando que isso é um sonho dos piauienses”, finaliza.

    Orlando Dias
    Da Redação

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Propaganda

    Banca de Jornal

    Propaganda

    Popular