Conecte-se conosco

    Política

    Ciro Nogueira diz que Wellington Dias mente sobre obra

    Publicado

    em

    Ciro Nogueira diz que Wellington Dias mente sobre obra

    O ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, criticou em vídeo o governador do Piauí, Wellington Dias (PT). Disse que o petista mente ao tentar tomar os créditos da obra da Ferrovia Transnordestina, que, segundo ele, foi feita pelo governo Jair Bolsonaro.

    Ele afirmou que a obra estava abandonada e culpou a “incompetência” do PT pelo atraso na conclusão. Segundo ele, o governador do Piauí fazia campanha eleitoral em frente à Ferrovia.

    “O governador do Piauí tem se acostumado a mentir e a tentar enganar o nosso povo, mas agora ele teve a coragem a desfaçatez de ir para frente de uma obra que é a nossa famosa Transnordestina, uma obra tão importante para o desenvolvimento do Piauí do Brasil, para se dizer como se tivesse alguma coisa para apresentar ao povo”, disse o ministro.

    Ciro disse que a obra é fruto da gestão Bolsonaro e do trabalho do ministro Tarcísio de Freitas (Infraestrutura). Citou que a transposição do São Francisco também foi entregue pelo governo federal.

    “A Transnordestina não é sua, não é minha, é do povo do Piauí. Mas é fruto do compromisso e trabalho do presidente Bolsonaro. Pare de mentir, pare de tentar enganar o povo do nosso Estado”, declarou.

    O governador Wellington Dias disse por meio de assessoria que a obra da Transnordestina iniciou em 2006, no governo Lula. Na época, Dias era governador e atuou na definição do traçado da ferrovia, mostrando pesquisas e os potenciais da região.

    “Ele esteve acompanhando e cobrando pela obra também nos governos Dilma e Temer. Assim como esteve em reuniões com o grupo privado responsável pela obra para tentar agilizar seu andamento e finalização”, disse.

    Declarou também que antes a Transordestina não passaria pelo Piauí.

    “O governador já visitou as obras várias vezes e vai continuar visitando até sua completa conclusão por entender que trará grande benefício para o estado”, disse a assessoria.

    Da Redação

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Propaganda

    Banca de Jornal

    Propaganda

    Popular