Ciro Nogueira cobra investigação sobre caso Americanas

O senador Ciro Nogueira (PP) usou as redes sociais neste domingo (15) para cobrar uma investigação do Ministério da Justiça no caso das Americanas, que declarou ter “inconsistências contábeis” na ordem de R$ 40 bilhões.

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM), responsável pela investigação de empresas listadas na Bolsa de Valores, já abriu três inquéritos para apurar possíveis irregularidades dos diretores da companhia. A dívida foi anunciada na noite de quarta-feira (11) e provocou a renúncia do presidente da empresa, Sérgio Rial.

Um dos processos irá apurar os fatos relevantes divulgados pela empresa com os balanços financeiros dos últimos trimestres. O segundo vai analisar as informações contábeis da empresa.

“O Brasil precisa entender como a Americanas, aberta em Bolsa, lesou milhares de investidores. Capitalismo não é isso. O ministério da Justiça tem de investigar através de seus instrumentos os responsáveis por esse escândalo? As empresas que fazem balanço? E a área econômica?”, publicou o ex-ministro da Casa Civil.

“Vai ficar tudo assim? Ninguém sabe, ninguém viu, o Brasil só olha para trás e diante de nós um dos maiores escândalos financeiros da história: 40 bilhões de reais”, completou.

O último processo, aberto nessa quinta-feira (12) à noite, vai investigar as condutas dos diretores e sócios da empresa relacionadas ao rombo. Há suspeitas de que acionistas previram o déficit e venderam ações da varejista meses antes do anúncio, o que derreteu os papéis da empresa.

Em nota, a CVM afirmou que as investigações seguirão o critério de rigor e não descartou o auxílio da Polícia Federal e do Ministério Público Federal (MPF) nas apurações. Todos os processos correm em sigilo.

Fonte: terra.com.br
Foto: Reprodução

relacionadas

talvez você goste