Conecte-se conosco

Cidades

Caso Camilla Abreu: Justiça adia julgamento do ex-capitão Allisson Wattson

Publicado

em

Caso Camilla Abreu: Justiça adia julgamento do ex-capitão Allisson Wattson

A 2ª Vara do Tribunal Popular do Júri, do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), adiou o julgamento do ex-capitão da Polícia Miliar do Piauí, Allisson Wattson, réu acusado de matar a estudante de direito, Camilla Abreu, em 2017,

As investigações contra ele começaram em 2017, pelo crime de feminicídio qualificado por motivo fútil (ciúmes da vítima), e quase 4 anos depois o ex-militar vai a júri popular. A sessão deve acontecer no Plenário da 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Teresina. A expectativa do júri decidirá qual será o destino do ex-capitão que pode ser absolvido ou condenado das acusações.

O ex-capitão encontra-se preso na penitenciária Irmão Guido desde 2019, para onde foi levado desde que saiu do presídio militar, quando foi expulso da Polícia Militar em março do mesmo ano.

Sobre o caso
O corpo de Camilla Abreu foi encontrado na zona Rural de Teresina no dia 31 de outubro de 2017. Os laudos mostram que a vítima foi morta com tiro nas costas e que tentou correr do assassino.

Os exames feitos pelo Instituto Médico Legal (IML), mostraram que Camilla Abreu foi espancada e seu corpo foi achado na zona rural de Teresina cinco dias após sua morte.

Da Redação
Foto: Reprodução

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Banca de Jornal

Propaganda