Conecte-se conosco

Esporte

Bruno Henrique tem lesão e desfalca o Flamengo contra o Boavista

Publicado

em

Menos de 12 horas depois de ter empatado por 2 a 2 contra o Independiente Del Valle, em Quito, no Equador, a delegação do Flamengo já está de volta ao Rio de Janeiro. No desembarque no Aeroporto Internacional Tom Jobim, o Galeão, na manhã desta quinta-feira, o clima era de uma certa revolta com a arbitragem da partida e de alívio com a situação do atacante Bruno Henrique, que apareceu utilizando uma bota, mas andando sem o auxílio de muletas.

Porém, exames realizados nesta quinta constataram que o jogador sofreu uma lesão no ligamento colateral medial do joelho direito. Segundo Dr. Márcio Tannure, chefe do departamento médico do Flamengo, o tratamento de Bruno Henrique será “conservador”, com sessões de fisioterapia, e, portanto, não há necessidade de cirurgia.

O DM do Rubro-Negro tem por prática não divulgar prazo para recuperação dos jogadores do elenco principal. O camisa 27, inclusive, já iniciou tratamento no Ninho do Urubu.

O jogador sofreu o trauma na quarta-feira, ao marcar o primeiro gol do Fla diante do Independiante Del Valle, pelo duelo de ida na final da Recopa Sul-Americana. Apesar de não ter a contusão detectada em um primeiro momento, ele deixou o estádio Olímpico Atahualpa de muletas.

Já é certo que o atacante não jogará neste sábado contra o Boavista, no estádio do Maracanã, pela final da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca. Mas é possível tê-lo de volta no segundo e decisivo jogo da final da Recopa Sul-Americana contra o Independiente Del Valle, na próxima quarta-feira, também no Maracanã.

Além do atacante, Rodrigo Caio também não irá atuar contra o Boavista, pois foi substituído contra o Independiente Del Valle sentindo dores na virilha. O zagueiro também vai passar por exames para saber qual a gravidade da lesão.
BRONCA

Os jogadores chegaram ao Rio de Janeiro reclamando da arbitragem do uruguaio Leodán González, especialmente na marcação do pênalti do lateral-direito Rafinha em Murillo, que gerou o gol do empate dos equatorianos no final da partida.

“Sabemos que era um jogo difícil, na altitude, contra uma equipe muito forte que foi campeã da Sul-Americana. Conseguimos fazer um bom jogo, poderíamos ter saído com a vitória, infelizmente marcaram aquele pênalti que eu achei que não foi. Mas foi um resultado bom, não foi ruim. Agora a gente decide em casa e espera que possa sair campeão”, analisou o atacante Pedro.

Autor do pênalti, Rafinha disse que reviu a jogada e discorda da marcação. “Assistimos várias vezes o replay dos lances e vimos que não teve nenhum contato. Particularmente, na hora, já tinha certeza que não tinha tocado nele. Mas fazer o quê? Paciência. Ver numa decisão daquelas um árbitro despreparado… Para ele dar um pênalti daquele sem ter revisado, não pedir auxílio de vídeo… a gente fica triste, mas tudo bem”, comentou.

Com informações do LANCE!

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Fluminense bate o Nova Iguaçu no Carioca

Publicado

em

Com gols de Kayky, Fred e John Kennedy, o Fluminense venceu o Nova Iguaçu na noite de hoje (11), no Maracanã, em partida válida pela 9ª rodada do Campeonato Carioca. Anderson Kunzel conseguiu diminuir para o Nova Iguaçu, fechando o placar em 3 a 1.

A vitória teve um gosto especial para Fred, que marcou o gol de número 400 na carreira. Nesta contagem, 182 deles foram marcados com a camisa do Tricolor, onde Fred faz sua segunda passagem desde o ano passado.

Com o resultado, o Fluminense se firmou na quarta colocação do Carioca e ficou mais próximo da Portuguesa. São 16 pontos contra 17 do terceiro colocado. O Nova Iguaçu, com mais essa derrota, fica na 10ª colocação e vê a classificação para a Taça Rio cada vez mais distante.

Kayky: garoto inspirado no primeiro gol
Apesar de todos os holofotes estarem voltados para Fred, o garoto Kayky, de 17 anos, teve as atenções para si no começo do segundo tempo, quando marcou um lindo gol. Ele saiu costurando entre os marcadores do Nova Iguaçu e ainda tirou o goleiro Luiz Henrique da jogada antes de finalizar para as redes.

Fonte: Folhapress

Continue lendo

Esporte

Cruzeiro vence Atlético-MG em clássico do centenário

Publicado

em

O primeiro clássico entre Cruzeiro e Atlético-MG de 2021, e que marcou 100 anos de disputas entre os dois clubes, terminou com a vitória celeste por 1 a 0. O gol do jogo no Mineirão foi marcado por Airton, aos 16 minutos do segundo tempo. No final da partida, William Pottker e Hulk ainda se estranharam e acabaram expulsos. Com o resultado, a Raposa foi aos 17 pontos. O Galo permanece com 21 pontos na liderança, mas pode ver a distância diminuir no topo do Campeonato Mineiro.

Os dois tempos do jogo foram bem distintos. No primeiro, partida morna, com baixíssima intensidade e pouca emoção. Na etapa final, a partida melhorou e teve boas oportunidades para os dois lados. Mesmo com um time tecnicamente pior, o Cruzeiro mostrou mais interesse em toda a partida diante de um rival “tranquilo” na maior parte do tempo e anulado em seu ataque.

Quem foi bem: Sobis lidera ataque do Cruzeiro
Rafael Sobis não foi o cara da partida, mas sua experiência foi muito importante para o Cruzeiro sair vitorioso. Sua agilidade para servir Airton garantiu o único gol do jogo. Méritos também para Fábio, que fez um milagre quando o jogo ainda estava empatado.

Quem foi mal: Hulk entra mal e acaba expulso
Hulk entrou mal no segundo tempo e também ficou abaixo das expectativas, assim como o restante do time alvinegro. Bastante pilhado, acabou expulso nos acréscimos da partida.

Fonte: Folhapress

Continue lendo

Esporte

Flamengo vence Palmeiras nos pênaltis e é campeão da Supercopa

Publicado

em

Um jogaço, digno das duas melhores equipes do país. Com direito a golaços, muitas chances de ambos os lados e disputa de pênaltis, o Flamengo venceu o Palmeiras nas cobranças por 6 a 5 — após empate em 2 a 2 no tempo normal — e sagrou-se bicampeão da Supercopa do Brasil no estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF).

Os gols foram marcados por Raphael Veiga (2) para o Palmeiras – sendo um deles uma pintura – e Gabigol e Arrascaeta para o Flamengo.

Em 2020, o Rubro-Negro já havia sido campeão da competição ao vencer o Athletico-PR por 3 a 0. A Supercopa do Brasil reúne os vencedores do Brasileiro e da Copa do Brasil da temporada.

Na próxima semana, o Flamengo vira a chave para o Campeonato Carioca, onde tem pela frente o clássico com o Vasco na quarta-feira (14), mesmo dia em que o Palmeiras decide a Recopa Sul-Americana contra o Defensa y Justicia (ARG).

Os melhores – Arrascaeta e Veiga maestros
Arrascaeta, pelo Flamengo, e Raphael Veiga, pelo Palmeiras, comandaram suas equipes e, além dos bonitos gols, foram os grandes articuladores de jogadas.

Os piores – Arão e Luan falham
Willian Arão falhou no gol de Raphael Veiga ao sofrer um drible desconcertante e também deixou espaços na defesa em outros lances. Já Luan deu um bote errado no gol de Gabigol.

Fonte: Folhapress

Continue lendo

Popular