Conecte-se conosco

Brasil

Bolsonaro cumprirá quarentena determinada pela Anvisa

Publicado

em

Bolsonaro cumprirá quarentena determinada pela Anvisa

O presidente Jair Bolsonaro cumprirá a norma de quarentena determinada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) depois de desembarcar em Brasília na manhã desta quarta-feira (22).

Inicialmente, o presidente ficará em isolamento por 5 dias e fará um exame para detectar a presença do vírus no 6º.

Portanto, Bolsonaro deverá ficar recluso no Palácio da Alvorada até a próxima segunda-feira. Um dia depois, na terça-feira, deverá fazer o teste.

O líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), anunciou, mais cedo, o cancelamento de uma viagem de Bolsonaro ao Paraná. Em conversa com o blog, Barros confirmou que “a justificativa para o cancelamento foi justamente essa: o presidente vai cumprir a orientação da Anvisa”.

“Quanto à série de inaugurações nas 5 regiões prevista para iniciar no dia 29, a participação do presidente será discutida numa reunião hoje à tarde”, completou.

Os demais ministros que estavam na comitiva seguirão o padrão estabelecido pelo presidente. Estavam na comiva o ministro da Economia, Paulo Guedes; o ministro das Relações Exteriores, Carlos França; o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães; ministro-chefe da Casa Civil, General Luiz Eduardo Ramos; ministro do Turismo, Gilson Machado; ministro da Saúde, Marcelo Queiroga; o secretário especial de Assuntos Estratégicos, Almirante Flávio Rocha; e o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres.

Ontem à noite, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, recebeu o diagnóstico de covid-19 e permaneceu em Nova York, onde ocorreu a Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas). Queiroga fazia parte da comitiva brasileira, formada por outras autoridades, que esteve no evento.

Da Redação

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Banca de Jornal

Propaganda