Conecte-se conosco

    Internacional

    Biden: ‘Putin está isolado, mais do que já esteve em qualquer momento’

    Publicado

    em

    Biden: 'Putin está isolado, mais do que já esteve em qualquer momento'

    O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse que o presidente russo, Vladimir Putin, está “isolado” devido à invasão da Ucrânia na semana passada. As declarações ocorreram no Discurso sobre o Estado da União, que é um relatório apresentado anualmente pelo mandatário na presença do Congresso dos EUA.

    “Putin estava errado, nós estamos prontos e unidos. Foi o que nos fizemos: mantivemo-nos unidos. Putin está isolado, mais do que já esteve em qualquer momento”, observou Biden.

    O presidente disse que vai intensificar as sanções, atingindo os oligarcas russos.

    “O departamento de Justiça dos Estados Unidos criou uma força tarefa para ir atrás dos oligarcas russos. Estamos nos juntando aos aliados europeus para manter presos seus iates, jatos, artigos de luxo. E essa noite estou anunciando que vamos nos juntar a nossos aliados, fechando o espaço aéreo para todos os voos da Rússia. Ele (Putin) mal sabe o que está por vir”, continuou o presidente.

    “O rublo perdeu 30% de seu valor”, acrescentou Biden. “O mercado de ações russo perdeu 40% de seu valor e as negociações continuam suspensas. A economia da Rússia está cambaleando e Putin é o único culpado.”

    Logo no início do discurso, o político disse que “a liberdade sempre triunfará sob a tirania” e que Putin “encontrou um muro que jamais imaginaria encontrar. Ele encontrou o povo ucraniano”. Neste momento, a embaixadora da Ucrânia nos Estados Unidos, Oksana Markarova, se levantou e foi aplaudida de pé.

    Biden citou os esforços da população ucraniana de conter, com o próprio corpo, o avanço das tropas russas.

    Parte do discurso foi antecipada horas antes pela Casa Branca. “A guerra de Putin foi premeditada e não provocada. Ele rejeitou os esforços de diplomacia. Ele pensou que o ocidente e a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) não responderiam. E ele pensou que poderia nos dividir aqui em casa. Putin estava errado. Estávamos prontos.”

    O presidente salientou que a situação na Ucrânia faz crescer as ameaças aos Estados Unidos.

    “Ao longo de nossa história, aprendemos esta lição – quando os ditadores não pagam um preço por sua agressão, eles causam mais caos. Eles continuam se movendo. E os custos e ameaças para os Estados Unidos e o mundo continuam aumentando. É por isso que a Aliança da Otan foi criada, para garantir a paz e a estabilidade na Europa após a Segunda Guerra Mundial.”

    O presidente norte-americano lembrou que os EUA integram a Otan com outras 29 nações. E salientou que os forças dos Estados Unidos “não estão envolvidas e não vão se envolver” no conflito da Ucrânia. Porém, observou que as forças aéreas vão defender a área territorial da Otan, citando Estônia e Hungria.

    “As próximas semanas e meses vão ser difíceis. Ele continuará pagando um preço alto pelo que está pagando.”

    Fonte: Folhapress

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Propaganda

    Banca de Jornal

    Propaganda

    Popular