Conecte-se conosco

    Artigos

    Artigo – Malandro é malandro e mané é mané?

    Publicado

    em

    É o que dizem. Certo mesmo é que o malandro quer passar por honesto sem ser honesto? E o Mané quer ganhar as eleições sem apoiar o atual presidente da República? Eita vidão. Assim é bom demais; somente usufruir dos bônus e nada de ônus? Malandro é malandro e Mané é Mané diz um famoso samba carioca. E quem não gosta de um samba? Até puritano presbiteriano gosta. Abril está indo e está chegando a semana santa. Dias desses certo colega de profissão perguntou: “o que diabo mesmo é semana santa”? Tá vendo. Essa garotada do streamming não sabe mais o que é semana santa mesmo não. O comércio faz tempo que relegou isso (a semana santa) a segundo plano. Tudo aberto e funcionando! Já não se fazem mais Arcebispo como antigamente?

    Arcebispo? Isso é que a garotada não sabe mais o que significa. E muitos deles oriundos de “escolas ditas católicas”. As únicas a explicarem? As escolas jesuíticas. Por essas metemos a mão no fogo. O que um Jesuíta faz na vida? Estudar e trabalhar. E rezar? Lógico que rezam, mas no cotidiano da vida. A Companhia de Jesus não tem obrigação de rezar a liturgia das horas; sabiam disso? E foi assim que eles conseguiram barrar a reforma? Aí é outra discussão amigos. É “o freio de mão” do carro do diabo na terra? Deus conduz os companheiros de Jesus e somente eles conseguem retardar um pouco o avanço evangélico! Todos os dias no BRASIL são abertas inúmeras igrejas evangélicas. Malandro é malandro e Mané é Mané? É o que bem diz a nobre música!

    É ou não é malandragem abrir Igrejas a custa dos fiéis “bancos de igreja”? Inúmeros pobres passam a vida toda sentando em bancos de Igreja e o pastor nunca se lembra deles? Seguem a risca o ditado: a quem tem será dado e a quem não tem ser-lhe-à até tirado o pouco que tem? Malandro é malandro e Mané é Mané. Vida que segue. E o coronavírus acabou de vez? A guerra da Rússia e Ucrânia “mandou ele embora”? ATV funerária tenta ressuscitar ele (o coronavírus), mas o povo nem liga mais pra isso. E como o povo não liga mais pra isso? Se vacinando e se cuidando. E a máscara? Já era. A turma da terceira via agora somente quer saber de eleições e podem surpreender?

    Se alguém é capaz de deixar o certo pelo duvidoso deve ter suas garantias? Já viu prefeito renunciar a mandato? E somente é uma vaga. O “malandro” vai ficar de fora do poder? O diabo é quem duvida. E o “demônio” não vai fazer o sucessor? Quem é o demônio? Certo mesmo é que o que se faz com os outros aqui mesmo se paga. Lembram de um candidato que vivia chorando pelos cantos ao ser abandonado? Duvida? Não duvide não! O império romano caiu imagine um império que não representa nem 2% (dois por cento do PIB) – PIB – Produto Interno Bruto. Basta o “legislativo continuar traindo” e pronto; já era! Malandro é malandro e Mané é Mané!

    Três coisas definem eleições. O povo virar a cabeça pra um lado; o maldito e satânico “dinheiro em espécie”; e traições. Qual o pior de todos esses? Um desencadeia o outro? Mas a máquina está com os “inescrupulosos”? Que máquina? A máquina de costura manual? A máquina elétrica já não é mais Brasília? Os tempos são outros. Por estes dias já estão subsaltados; imagine essa turma sem nenhum foro privilegiado?

    Artigo - Malandro é malandro e mané é mané?

    Por Josenildo Melo

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Propaganda

    Banca de Jornal

    Propaganda

    Popular