Conecte-se conosco

    Cotidiano

    Arquidiocese de Teresina lança da Campanha da Fraternidade neste sábado

    Publicado

    em

    Arquidiocese de Teresina lança da Campanha da Fraternidade neste sábado

    A Arquidiocese de Teresina lança  a Campanha da Fraternidade neste sábado (5). Este ano, a campanha tem como tema “Fraternidade e Educação” e o lema “Fala com sabedoria, ensina com amor”. A santa missa da Campanha da Fraternidades será presidida por Dom Jacinto Brito na igreja matriz da Paróquia Santa Luzia, no bairro Promorar.

    A Campanha da Fraternidade é uma ação comunitária, social e evangelizadora que procura atingir e mobilizar não só os cristãos, mas toda a sociedade, o poder público e as organizações sociais. Neste ano, o objetivo é promover diálogo a partir da realidade educativa do Brasil, à luz da fé cristã, para propor caminhos a favor do humanismo integral e solidário.

    O Diácono Gilberto Penha, coordenador Arquidiocesano da Campanha da Fraternidade, afirmou que é preciso que os fiéis da Igreja Particular de Teresina se dediquem ao estudo da teoria e a coloquem em prática por meio de contribuições em prol das comunidades que mais necessitam.

    “É um tema muito inovador, no que se refere a essa busca por informação e orientação sobre educação. Estamos passando por um tempo de pandemia e nada mais justo do que refletir a temática da educação que está passando por transformações nesse período e, consequentemente, atinge várias pessoas”, explicou.

    Coleta Nacional da Solidariedade
    No dia 10 de abril, Domingo de Ramos, será realizada a Coleta Nacional da Solidariedade que é voltada para a arrecadação de fundos que custearão as obras nas comunidades mais carentes. Ainda conforme o diácono Gilberto, uma comissão será formada para avaliar se projetos enviados possuem relação direta com o tema da Campanha no ano de 2022.

    “Esse dinheiro arrecadado é distribuído de volta para as comunidades, conforme a análise de projetos enviados pelas paróquias, diaconias e comunidades religiosas em geral. Aproximadamente 60% desse valor fica para apoiar projetos da Arquidiocese e 40% é enviado para o nacional. O critério para receber esse apoio, já que nem todas as comunidades poderão ser contempladas, é possuir uma proposta que incentive o auxílio de irmãos mais carentes”, continuou.

    Com informações da Ascom

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Propaganda

    Banca de Jornal

    Propaganda

    Popular